sábado, 25 de julho de 2015

a começar o dia... fulminado...!

José Cardoso
POR José Cardoso
Editor Adjunto



Sobretaxa do IRS pode ser devolvida na íntegra já para o ano 


Boa tarde,

Não fora o verbo do título (pode) e os portugueses já podiam festejar. Mas, nestas coisas, é como São Tomé: ver para crer. O Governo prevê a devolução em 2016 de parte da sobretaxa de IRS, com os contribuintes a pagarem 2,8% em vez dos 3,5% atuais. Mas o Expresso fez contas e mostra que a devolução pode ser total. A Ana Sofia Santos e o João Silvestre explicam porquê no Diário de hoje. E, se quiser simular quanto lhe poderá ser devolvido de imposto cobrado a mais, pode ir ao site do Expresso ou das Finanças.


no expresso diário...






Sobretaxa pode ser devolvida na íntegra já para o ano
IMPOSTOS Governo aponta para devolução, com os contribuintes a pagarem 2,8% de sobretaxa em vez dos 3,5% atuais. Mas as contas do Expresso mostram que o Executivo foi conservador e a devolução em 2016 pode ser da totalidade da sobretaxa

 Simule a devolução da sobretaxa de IRS

Já pode ver qual é a fatia que lhe cabe (por agora) do imposto que lhe está a ser cobrado a mais. Se o ano terminasse em junho, segundo as contas do simulador do Governo, as famílias iriam receber cerca de 100 milhões de euros - com a sobretaxa a baixar de 3,5% para 2,8% 


comentário:

com tanta, hipotética e generosa oferenda destes excelsos contabilistas executivos que, sabemos nós não se dão bem com folhas electrónicas de dados quanto mais com bases de dados [e muitos menos com fórmulas e cálculos], prometem o paraíso na terra em campanha pura e dura...

é claro que a vantagem está do lado deles, até ver.

os benefícios têm sido generosamente repartidos pelas cliques (!) e as migalhas, como é uso e costume, sobejam para a arraia-miúda...?