terça-feira, 15 de setembro de 2015

e já tinha sobrado para quem...?... ora adivinhem lá...!



O primeiro-ministro disse que confia na decisão do Banco de Portugal e que a instituição entende que a "melhor oportunidade" para não causar prejuízo é vender depois dos stress tests.
O Financial Times avança que as autoridades portuguesas se preparam para cancelar o processo de venda do banco que resultou da resolução do BES.
INE tem até dia 23 para enviar segunda notificação a Bruxelas ao abrigo do procedimento dos défices excessivos. 4,9 mil milhões de euros de empréstimo do Fundo de Resolução sobem défice de 2014.



no observador...


comentário:
depois os broncos somos nós...