quarta-feira, 7 de outubro de 2015

miscelânea [ou nem por isso?]... reflexões para o fim de noite...!


A média da duração de governos minoritários é de dois anos e três meses, embora tenha havido um só caso de legislatura completa. Caso tome posse em outubro, este Governo pode durar até 2018. boletim económico
Banco de Portugal reitera estimativa de crescimento de 1,7% em 2015 e acredita em défice de 3% ou abaixo. E diz que "é crucial manter um quadro institucional previsível e promotor da estabilidade". legislativas 2015
Passos Coelho já falou com Costa: convite para diálogo com o PS segue hoje, para reunião esta semana. Cavaco Silva dá tempo aos dois líderes. Presidente do PSD quer entendimento para quatro anos. legislativas 2015
Costa diz que vai ouvir o que PSD e CDS têm a dizer, mas recusa bloco central. Líder socialista critica Presidente e pede aos partidos à sua esquerda para se clarificarem. 
no observador...
Visão

João Garcia
João Garcia , Diretor 7 de Outubro de 2015
No reino da confusão

Já não há coisas simples. Ganhar não chega para governar; perder não impede o exercício do poder; mesmo sendo mais pequeno pode ser-se determinante. Além do mais, Ricardo Araújo Pereira, humorista e cronista semanal da VISÃO, já explicou que todos ganharam (uns tiveram mais votos, outros conseguiram desfazer a maioria absoluta, os terceiros subiram muito e os quartos subiram um bocadinho) e todos perderam (uns porque ficaram sem a grande maioria, outros porque não ganharam as eleições, os terceiros porque assistiram à vitória da austeridade e os quartos porque ficaram atrás dos terceiros). Percebeu?
O certo é que vêm aí meses de confusão, com uns protagonistas a entrarem em cena, outros ameaçados e alguns ainda indecisos. Está uma grande embrulhada e por isso a edição da VISÃO que amanhã chega às bancas, e que esta anteVISÃO lhe apresenta, mostra as soluções possíveis – desafiando-o a votar na VISÃO online – e reflete sobre o que aí vem. Mas para o conseguir foi necessário pôr no terreno uma vasta equipa: Filipe Luís, Emília Caetano, Inês Rapazote, Paulo Chitas, Sara Rodrigues e Sónia Sapage.

Conhece Catarina?

Muita gente o disse: Catarina Martins foi a surpresa destas eleições, mas pouca gente conhece a pessoa . Amanhã pode ficar a saber muito sobre ela, de onde vem e para onde quer ir, num trabalho de Isabel Nery e de Miguel Carvalho de que adiantamos aqui algumas imagens.

E sabe quem é a pacwoman?

Lembra-se daquele joguinho em que uma «boca» apanhava tudo o que lhe aparecia pela frente? Era o pacman. Agora há uma versão feminina. A pacwoman de carne e osso é a empresária angolana Isabel dos Santos, que tem apanhado os quadros mais importantes dos grupos portugueses com que negoceia. O último estava na Sonae e a história de todas estas contratações é contada por Cesaltina Pinto na edição desta semana.

Ele não perdoa aos 'ubers'

Na semana passada, Lisboa ficou paralisada com os protestos dos taxistas contra a concorrência da Uber, que consideram ilegal. À cabeça dos protestos está sempre o mesmo homem: José Carlos Pereira, que chamou a si a missão de ser um 'caça-ubers'. Passou o táxi a um empregado e dedica os dias a denunciar à PSP os automóveis privados que transportam pessoas no Aeroporto da Portela e a perseguir os turistas que chegam e querem usar aquele serviço. A Vânia Maia apresenta-o na VISÃO de amanhã.

Os refugiados que já não o são

A família de Ali Badri Alkhamis voltou a sorrir, já está em S. Martinho do Porto e iniciou o processo de legalização. São sírios, estavam em Viena de Áustria e vieram para Portugal com a caravana de solidariedade Famílias Como as Nossas. Rosa Ruela acompanhou toda a aventura e conta-a na VISÃO. Na nossa edição online estão muitas das impressionantes fotografias de Tiago Miranda que mostram como foi a viagem.

Moçambique, a violência voltou

Serão já mais de três dezenas os mortos por ações militares em Moçambique desde que a Renamo se queixou de ter sofrido um ataque por parte das forças governamentais. Dhlakama protegeu-se e os confrontos abalam a região centro, como conta Henrique Botequilha.

Um 'rebelde' em Veneza (e em... Elvas)

Este é definitivamente o ano de João Louro. Em maio inaugurou a sua exposição num palácio veneziano, como representante oficial de Portugal na mais importante Bienal de arte do mundo. Por estes dias anda ocupado com uma nova mostra: vai estar, a partir de sábado, no o Museu de Arte Contemporânea de Elvas (o que antes só tinha acontecido com Julião Sarmento). Pedro Dias de Almeida visitou o artista na sua 'caverna mágica', um espaço amplo, bem escondido em Campo de Ourique. Pode ver aqui as imagens captadas por Gonçalo Rosa da Silva.

As séries que importam

Na edição desta semana da VISÃO Sete publicamos um guia completo com todas as séries de televisão que vão dar que falar neste outono. Um guia para ler e guardar para os próximos meses. Entre regressos, novas temporadas e as estreias mais aguardadas, descubra porque, amanhã à noite, tem muito boas razões para passar o serão no sofá.
Uma boa semana. Voltamos quarta-feira.
via mensagem da visão...









POR Martim Silva
Editor-Executivo

Martim Silva
É a política, estúpido!

Boa tarde,
A política continua ao rubro. A coligação assina o acordo de Governo. O PS dá uns meses de descanso a Costa para mostrar o que vale. O líder do PS encontra-se com Jerónimo, Catarina e Passos. E Cavaco dá os últimos “tiros” como chefe do Estado.

É a política, estúpido!

Costa garante moratória até Fevereiro
Os críticos de Costa moderaram o tom, em nome das presidenciais. Com o congresso adiado para depois das eleições, o líder socialista prepara-se agora para mostrar ao partido que é possível dar a mão a Passos e Portas sem perder a face depois de tudo o que disse deles na campanha. Consegui-lo-à?

Nove balizas, metas e riscos, by Cavaco
Crescimento da economia, alívio da austeridade, combate à pobreza. Mas também a manutenção da disciplina orçamental. Eis algumas das balizas e objectivos colocados por Cavaco Silva na sua comunicação ao País para o próximo Governo e para a próxima Legislatura.

O verdadeiro exame das escolas
Ministério da Educação disponibiliza a partir de hoje um portal estatístico que permite avaliar a progressão dos alunos ao longo do ensino básico e perceber o que cada escola faz com a “matéria-prima” que recebe

Altos mas pouco toscos
Portugal pode garantir a qualificação para o Euro 2016 em futebol já amanhã, em Braga. Basta para isso empatar com a Dinamarca, segunda classificada do grupo. Quais os principais riscos e ameaças que nos trazem os vikings?

Presidente Bachelet sai do seu terramoto político?
O modo como a Presidente Michelle Bachelet tem lidado com as consequências do terramoto de há três semanas fê-la sair do seu próprio terramoto político, quando a sua popularidade estava num mínimo histórico. Ma os analistas advertem que o “efeito terramoto” durará pouco, se o Governo não mudar o rumo


A crónica da Cristina Margato de hoje fala-nos de Lulea. Uma localidade na Suécia que o Facebook escolheu para criar de raiz a sua primeira base de dados fora dos Estados Unidos. Como ela escreve, você pode não saber de Lulea, mas Lulea sabe seguramente de si.

Destaque ainda para o estudo que publicamos na secção de Lazer sobre “Quem é o viajante português?”

Na opinião:
Pedro Santos Guerreiro: “O sonho do tio”
Daniel Oliveira: “O líder de bancada selecciona o tolerável”
Henrique Monteiro: “Costa com todos”
Henrique Raposo: “É António Costa o sonho de Francisco Louçã?”

Por hoje é tudo, amanhã estamos de volta

via mensagem do expresso 'diário'...