sábado, 13 de fevereiro de 2016

a actualidade do dia-a-dia, nas escolhas do editor...!


POR Martim Silva
Editor-Executivo


 
As Escolhas do Editor

Bom dia,
Chove, amanhã é Dia dos Namorados, a Liga de futebol está ao rubro e a edição semanal do Expresso está aí com muito para ler.
O destaque maior é a entrevista do primeiro-ministro, António Costa, ao jornal: "Costa desafia Passos para consensos políticos - 'seria uma pena se o PSD continuasse no casulo'".
Vem aí um congresso da CGTP e o seu líder, Arménio Carlos, é que não parece muito convencido com este executivo e afirma que "este Governo não é de esquerda". Na Economia há um trabalho sobre "quem ganha e quem perde com o Orçamento do Estado".
"Chineses vão entrar no capital da TAP", "Caso Veiga: contactos proibidos com Relvas e Sérgio Monteiro", "Os bebés também ficam deprimidos", "Português deu golpe de 100 milhões em Londres" e "Forças Armadas alarmadas com falta de voluntários" são outros dos títulos da primeira página do jornal. Na Revista, a capa é com Leonardo Di Caprio, favorito na corrida aos Óscares deste ano.

Vamos ao Diário,
Oito temas para ler este sábado. De Einstein ao encontro entre Francisco e Kiriil, das eleições americanas ao que está a mudar nos cursos em Portugal. Há cultura, com a vinda da ARCO para Portugal, e há também uma entrevista ao comissário Dombrovskis que mostra bem como o coração do poder em Bruxelas hoje em dia olha para Portugal.
Educação. Universidades já ensinam just in English
Cinco das maiores instituições portuguesas de ensino superior apostam nos cursos ensinados exclusivamente na língua de Shakespeare. O fenómeno é mundial e cresceu 300% em sete anos. Em Portugal há já mais de 70 mestrados que são dados exclusivamente em língua inglesa.
“Lisboa é a cidade onde toda a gente quer estar”
Pela primeira vez em 35 anos, a Feira internacional de Arte Contemporânea - ARCO - sai de Espanha e escolhe Portugal para se expandir. Vai ser em maio entre os dias 26 e 29. Falámos com Carlos Urroz, o diretor da feira, que nos conta tudo sobre a ARCO Lisboa. A entrevista é da Alexandra Carita e nela ficamos a saber quanto vai custar a ARCO Lisboa, como é paga, quantos galeristas terá e o que podemos esperar da iniciativa.
“Missão principal é corrigir o défice”
O Vice-Presidente da Comissão Europeia para o Euro, Valdis Dombrovkis, diz que cada governo é que tem de decidir a combinação de políticas, mas alerta que os países têm de olhar para folga orçamental antes de fazer despesa. Os que já se afastaram da linha vermelha do défice excessivo (3% do PIB) e têm folga orçamental partem em vantagem para investir e podem fazê-lo. No entanto, os que ainda estão acima desse valor ou têm níveis de dívida pública muito elevada têm primeiro de dar resposta a estes problemas. Avisos e mais avisos e alertas ao nosso país. Dombrovskis lembra ainda que “os altos níveis de dívida pública são um entrave ao crescimento”. A entrevista ajuda a perceber como é que Bruxelas hoje olha para Lisboa.
Eutanásia: Afinal de que se fala quando se pede para morrer sem culpas para quem mata?
Numa matéria pouco dada a consensos até os conceitos têm dificuldade em manter a isenção, apropriados e moldados pelas partes da disputa em função dos valores defendidos, mais ou menos extremados. Morte assistida, eutanásia, testamento vital, distanásia, suicídio e homicídio misturam-se numa discussão que baralha lei, ética, religião, deontologia e medicina. Depois da publicação de um manifesto em defesa da despenalização da morte assistida, assinado por 112 personalidades nacionais, o tema voltou à opinião pública, e as dúvidas também. Neste trabalho explicamos do que se fala quando se fala de morrer sem culpas para quem mata.
Presidenciais nos EUA. Hillary, em apuros, procura salvação no sul
Mesmo depois da derrota desta terça-feira nas primárias do New Hampshire, os responsáveis da campanha de Hillary Clinton rejeitavam qualquer cenário de crise. Ao invés, garantiam que vem aí “um passeio no parque”. Um eventual mau momento da candidata poderá abrir portas a uma situação semelhante à da campanha de 2008, em que, depois de ser apontada como favorita, Hillary perderia contra um rival com menos notoriedade
Einstein I
Agora já podemos saber mais sobre os 96% que desconhecemos do Universo
Cem anos depois de previstas pela Teoria da Relatividade Geral de Einstein, as ondas gravitacionais foram detetadas pela primeira vez pelo LIGO, um conjunto de detetores americanos terrestres, na colisão de dois buracos negros a mais de mil milhões de anos-luz da Terra. Abriram-se as portas da redescoberta do Universo, do qual só conhecemos 4%
Einstein II
A descoberta que Einstein previu mas até ele duvidou. As ondas gravitacionais abrem a porta para um conhecimento mais profundo do Universo, mas até o Nobel da Física de 1921, que as previu há um século, duvidou da sua existência. Viagem na história de um avanço revolucionário.
Religião: Encontro histórico de Francisco e Kirill... em Cuba
Em 1998, João Paulo II foi a Havana encontrar-se com Fidel Castro. O evento foi descrito como histórico, e teria provavelmente contribuído para um degelo entre Cuba e os Estados Unidos, não fosse o caso de o escândalo com Monica Lewinsky eclodir exatamente nessa altura, anulando qualquer impacto popular que a visita do Papa pudesse ter nos EUA e impedindo o presidente Bill Clinton de avançar com iniciativas polémicas. Dezoito anos mais tarde, um outro encontro histórico envolvendo um chefe da Igreja Católica aconteceu ontem em Havana. Desta vez tratou-se de um Papa bastante diferente, e o homem com quem se encontrou é o chefe de outra Igreja cristã – ou, mais precisamente, de uma parte dessa Igreja.