sábado, 18 de julho de 2015

a actualidade do dia-a-dia, nas escolhas do editor...

Martim Silva
POR Martim Silva
Editor-Executivo
 


As Escolhas do Editor 


Bom dia,
Hoje trazemos-lhe oito histórias que foram sendo publicadas no Expresso Diário ao longo da última semana. Histórias variadas que vão da política à ciência, do internacional à economia, da demografia aos assuntos de sociedade.
São muitos temas e muito variados. O objetivo é só um: garantir que se sinta tocado e interpelado. Pelo menos com uma destas histórias. Veja a ementa do dia,

-Olhamos para o acordo sobre o programa nuclear iraniano, conseguido no início da semana e desejado há anos. Um tema que pode não estar a fazer manchetes todos os dias ou abrir os telejornais mas é potencialmente uma das mais importantes e melhores notícias do ano, assim se confirmem os sinais iniciais;

-Olhamos para a inédita chegada de uma sonda, a New Horizons, junto à superfície de Plutão, nove anos depois de ter partido da Terra, e para o que isso muda da nossa perceção do mais pequeno e longínquo planeta do sistema solar;

-Olhamos para Moçambique, agora que o presidente do país africano está em Portugal, e quando sabemos que milhares e milhares de portugueses vivem na antiga colónia. Quais as possibilidades económicas que se podem abrir a Portugal? Onde devemos apostar? O antigo primeiro-ministro Machungo ajuda-nos a encontrar respostas, numa entrevista conduzida pela Luísa Meireles;

-Olhamos para os dados da população mundial divulgados pelas Nações Unidas e que mostram como Portugal é hoje um dos países do mundo que mais população perderam recentemente. Procuramos explicações para esse facto junto de especialistas;

-Olhamos para a Ucrânia, onde há um ano um avião carregado de turistas, na maioria holandeses, foi abatido, qual dano colateral do conflito entre ucranianos e russos no leste daquele país. Até hoje não há respostas definitivas para o que aconteceu;

-Olhamos para o BES e mostramos quem eram as empresas e quais os grupos empresariais que antes da falência do GES mais deviam ao banco liderado por Ricardo Salgado;

-Olhamos ainda para o outro lado do Atlântico e como um grupo de pessoas conseguiu dar a volta à miséria e fazer a primeira orquestra do mundo em que os instrumentos são feitos de lixo; 

-Finalmente, olhamos para o interior de um vulcão. Nas ilha Terceira e do Pico pode ter experiências espetaculares e únicas. A reportagem é do Virgílio Azevedo; 

Por hoje é tudo, tenha um grande fim de semana.