terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

a actualidade do dia-a-dia, numa visão pessoal do jornalista [1]...!

Bom dia sr. Trump!
Donald Trump perdeu para Ted Cruz no primeiro embate. A OMS declara emergência por causa do zika. Costa continua a negociar com Bruxelas. Dilma fala ao Brasil, escreve André Macedo*
Terça-feira, 02 de FEVEREIRO | 08:50
DN

1. Pagar aos credores em apneia
O défice orçamental estrutural não desce o suficiente. O défice público normal idem. Mas o verdadeiro, o grande problema da troika, que amanhã termina a sua missão de avaliação, reside no facto de o governo ter de conseguir devolver até 2019 (final da legislatura) 43,1 mil milhões de euros aos credores oficiais (UE e FMI) e aos privados. É um ritmo alucinante de devolução de dívida, um ritmo que desviará muitos recursos da economia e, se o défice público não tiver entretanto caído como ficou combinado, Portugal terá de pedir mais dinheiro emprestado do que o previsto, o que pode inquietar os mercados. Conclusão: empurrar com a barriga às vezes ajuda, mas noutras vezes só acumula o problema num canto, sendo que este canto é já ao virar da esquina. Isto é, a partir de 2018 volta tudo a ser mais difícil. Os pagamentos saltam de 6,4 mil milhões este ano para 15,6 mil milhões em 2019, o dobro do que o país gasta no Serviço Nacional de Saúde.
2. Eleições todos os meses
Se para um CEO de uma empresa cotada os olhos estão quase sempre nos resultados trimestrais, para um primeiro-ministro os olhos fogem sempre para os períodos eleitorais. Mas o governo de António Costa, porque depende de apoio parlamentar à esquerda, vive sempre em tensão máxima, como se houvesse eleições todos os meses. Por um lado, tem de gerir com cuidado a relação com Bruxelas, sempre tremida, o que implica fazer cedências aqui e acolá. Por outro, não pode assustar Bloco e PCP, dois parceiros com os nervos à flor da pele. Até sexta-feira, o dia em que Costa almoça com Merkel em Berlim, ficaremos a saber o resultado deste jogo de equilíbrios quase impossíveis.
3. O BCP ganha dinheiro!
O BCP regressou aos lucros em 2015: 235 milhões de euros, após quatro anos consecutivos de resultados negativos: -848,6 milhões de euros (2011), -1.219,1 milhões de euros (2012), -740,5 milhões de euros (2013) e -226,6 milhões de euros (2014.). Boas notícias? Para o banco e os seus acionistas, claro. Para o Estado também, já que o BCP vai pagar este ano a última tranche de 750 milhões de euros do empréstimo público. Mas a economia também beneficia: não há crescimento saudável no país com bancos a dar prejuízos constantes.
4. Trump perde, mas ama
O senador pelo Texas Ted Cruz impôs-se, esta noite, a Donald Trump na disputa republicana no 'caucus' do estado norte-americano do Iowa. O senador favorito dos eleitores evangélicos, de origem cubana, reuniu 28% dos apoios contra 24% de Trump, o seu principal rival, no 'caucus' que abre a etapa das primárias das eleições presidenciais nos Estados Unidos. A reação, pouco convincente de Trump, foi espalhar amor: "Eu amo-vos. Eu amo-vos."
5. Emergência mosquito
A Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou ontem os surtos do vírus zika - bem como os casos de microcefalia que têm surgido em bebés - uma "emergência de saúde pública de importância internacional". A decisão foi tomada no final de uma reunião do Comité de Emergência. A OMS já acionou o "sistema de gestão de incidentes", recorrendo a um "fundo de contingência" criado recentemente "para financiar a resposta inicial". É a quarta vez que a OMS declara uma emergência deste género.
6. Dilma fala hoje
Dilma Rousseff faz hoje o seu discurso político anual, sendo que desta vez irá fazê-lo no Congresso. O cenário não poderia ser pior: a pior recessão dos últimos 100 anos no Brasil, o risco de impeachment sempre presente, uma classe política hostil, o vírus zika a morder impiedosamente e os casos de corrupção sempre a alastrar. Safa-se o Carnaval, para afastar os maus espíritos e soltar as energias.

E ainda acontece...
- Nos Estados Unidos - mas com impacto em toda a humanidade: Barack Obama consigna mil milhões de dólares para o combate ao cancro. O Presidente dos EUA tinha-se comprometido, no discurso do Estado da União, lançar esta iniciativa - que será dirigida pelo seu "vice" Joe Biden. Agora abre os "cordões à bolsa", mas provavelmente será preciso muito mais para acabar de vez com esta horrível doença.
- Na economia: A Google - ou melhor, a sua "empresa mãe", Alphabet - ultrapassa a Apple e torna-se a mais valiosa companhia do mundo, com um valor de mercado de 568 mil milhões de dólares. Nem os 3,6 mil milhões de dólares de prejuízos (!) em projetos de investigação arrojados, como os carros que não precisam de condutor, arrefeceram o entusiasmo dos investidores em bolsa.
- Na Europa: Esta madrugada ficámos a saber, pelo The Guardian, que o iate de Benito Mussolini foi apreendido numa operação policial. O navio, que tinha sido oferecido ao ditador fascista italiano nos anos 30, era agora propriedade de Salvatore Squillante, um empresário envolvido numa enorme investigação policial ao crime organizado.
- Na ciência: Investigadores finlandeses conseguiram reproduzir em laboratório as dobras do cérebro humano, noticia a BBC. Em causa não está, na experiência, o funcionamento dos neurónios, mas o processo da massa cinzenta para adquirir a forma que tem durante o desenvolvimento do feto. Esta experiência permite pensar tratar-se de um efeito "mecânico", relativo à diferença de velocidade de crescimento das várias camadas que compõem o nosso cérebro.
- E em Espanha: O que foi notícia esta madrugada em todos os sites de informação foi a aposta do país para... o Festival da Canção. É que a canção eleita por "nuestros hermanos" - intitulada "Say Yay!", da cantora Barei - apenas tem 19 palavras em espanhol, no refrão. Tudo o mais é cantado em inglês, pois claro. O que lhes está a fazer alguma comichão... Pode ouvir o tema AQUI.
Para terminar, saiba que neste Dia Mundial das Zonas Húmidas, que hoje se assinala, ainda acontece:
- O Eurostat revela os números do desemprego e da inflação na Europa para o mês de dezembro. Também a OCDE divulga os Índices de Preços no Consumidor.
- A coligação internacional que combate o Estado Islâmico reúne-se em Roma para fazer o balanço das operações em curso....
- ...enquanto a Comissão Europeia apresenta o seu plano de ação para lutar contra o financiamento do terrorismo.
- Por cá, este é o dia que o ex-primeiro-ministro António Guterres recebem do ainda Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, a Grã-Cruz da Ordem da Liberdade.


via dn...